Traduzido para 25 línguas e com mais de um milhão de exemplares vendidos, 1001 filmes para ver antes de morrer inclui obras de mais de 30 países e revela o que há de melhor no cinema de todos os tempos. Mais de 50 críticos consagrados selecionaram 1001 filmes imperdíveis e os reuniram neste guia de referência para todos os apaixonados pela sétima arte.

Ilustrado com centenas de cartazes, cenas de filmes e retratos de atores, o livro traz lado a lado as obras mais significativas de todos os gêneros - de ação a vanguarda, passando por animação, comédia, aventura, documentário, musical, romance, drama, suspense, terror, curta-metragem ficção científica. Organizado por ordem cronológica, este livro pode ser usado para aprofundar seus conhecimentos sobre um filme específico ou apenas para escolher o que ver hoje à noite. Traduzido para 25 línguas e com mais de um milhão de exemplares vendidos, "1001 filmes para ver antes de morrer" inclui obras de mais de 30 países e revela o que há de melhor no cinema de todos os tempos.
É claro que eu, amante das duas coisas Sétima Arte e Listas , não podia deixar passar a oportunidade de trazer para vocês a lista dos filmes e os respectivos links na nossa querida mulinha que vai trabalhar sem parar por um bom tempo...rsrsrs
Lembrem-se que as datas e traduçoes dos títulos dos filmes segue a lista do livro e não do IMDb.
Sempre que necessitarem de fontes na mula é só solicitar. Abraços a todos.

NOSSOS DIRETORES

Arquivo do blog

domingo, 26 de abril de 2009

40. UM CÃO ANDALUZ (1928)



IMDb

Este filme marca a estréia de Buñuel como diretor cinematográfico e é considerado o primeiro filme surrealista da história. Com o roteiro co-escrito por ninguém mais ninguém menos que o fantástico pintor Salvador Dali, Um Cão Andaluz foi lançado em 1928 e os dois escritores (Dali e o próprio Buñuel) foram obrigados a deixar o cinema correndo, sob a ameaça de linchamento. O motivo? As pessoas provavelmente não estavam preparadas para o que estes homens estavam mostrando na tela.

Crítica
"Em Um cão andaluz, o cineasta tomou posição pela primeira vez num plano puramente Poético-Moral (o termo Moral deve ser tomado no sentido do que governa os sonhos ou as compulsões parassimpáticas). Na elaboração da trama, todas as idéias de preocupação racional, estética ou outras com assuntos técnicos foram rejeitadas como irrelevantes. O resultado é um filme deliberadamente antiplástico e antiartístico, quando medido pelos cânones tradicionais. A trama é o resultado de um automatismo psíquico Consciente e, dentro desse padrão, não procura narrar um sonho, embora se aproveite de um mecanismo análogo ao dos sonhos. As fontes em que o filme vai buscar inspiração são as da poesia, livres do lastro de razão e tradição. Seu objetivo é provocar no espectador reações instintivas de atração e repulsa. A experiência demonstrou que este objetivo foi plenamente alcançado."

Screens



Link ed2K
Un.Chien.Andalou.(1929).DVDRip.DivX5.avi

Legendas (sync by alsena)
Un.Chien.Andalou.(1929).DVDRip.DivX5.ptbr

Nenhum comentário:

Postar um comentário